Universo Avatar RPG

Fórum de RPG baseado na animação de Avatar: A lenda de Aang e Avatar: A lenda de Korra.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Luta Amadora - Pyro, Kamaitachi e Haruna

por Roku em Dom Maio 29, 2016 7:31 pm

Roku

avatar
Avatar
Ver perfil do usuário
Chegava a ser irônico, como uma grande quantidade de dobradores começou a surgir. Era uma força que se erguia como um punho aos céus, agora, qual o intuito desses dobradores, ninguém sabia dizer ainda. Existem muitas coisas que acontecem por acaso no mundo, mas isso com certeza tinha algum significado. O mundo ia mudar de formas inesperadas, e a única coisa que esses guerreiros podiam fazer enquanto isso não acontecia, era se tornar mais forte.


E foi assim, que três dobradores se encontraram na inscrição da arena. Haviam várias arenas diferentes perdidas pelo mundo, e várias réplicas uma das outras também. E por isso, que os três encontraram livre uma arena semelhante à antiga em Xin Fu. Comumente utilizada por dobradores de terra, por conter em grande parte esse elemento.


Mas era a única coisa disponível no momento, e por isso que o time foi formado ali, pela primeira vez. Ao entrar nos bastidores, lhes fora oferecido algumas placas de metal para proteger o corpo, semelhantes à armaduras samurais antigas, mas algo lhes dizia que talvez aquilo não fosse o suficiente.


Após estarem prontos, o time foi levado para um corredor de pedra. Eles atravessaram até chegar em uma área provavelmente construída por dobradores de terra, pois abusava desse elemento. Na arquibancada, quadrada assim como a arena de 10 metros², haviam apenas algumas 10 pessoas. Afinal esse era um show amador, não era nada demais.


Arena:


Pyro, Haruna e Kamaitachi foram anunciados pelo narrador desanimado, e subiram a pequena escada até a plataforma elevada. Enquanto eles subiam, outro time era anunciado. Três homens fortes e sarados, com roupas verdes que indicavam obviamente, que eram dominadores de terra.


Para ajudar os dominadores de outros elementos, havia, espalhados por toda a arena, algumas tochas e baldes d’água. Assim como fora da mesma, existia as tochas que iluminavam a grande abóbada escura que era o teto. Com desânimo, o narrador começou a falar no microfone.


- Senhoras e senhores, bem vindos à Arena da terra da Cidade  República. - Ele lia em um papelzinho suas falas, como se estivesse ali apenas para ganhar dinheiro. - As respectivas equipes lutarão uma contra a outra, até que todos os adversários estejam desmaiados ou incapacitados de lutar.


Um garoto ao lado de um gongo acorda com uma roncada, balança o cabo e bate na placa dourada de metal, fazendo o som de um sino ecoar pelo lugar grande e vazio, fazendo um eco desagradável. E com uma careta, o narrador grita: “Comecem!”


Dominador de Terra 1 - 100%
Dominador de Terra 2 - 100%
Dominador de Terra 3 - 100%

Obs: Times separados a 10 metros 1 do outro(nas extremidades da arena).




#1

Kamaitachi

avatar
Dobrador(a) do ar
Ver perfil do usuário
Wow, eu realmente estava ali... Numa luta real, numa arena real. Não que meu treinamento no templo fora ruim, pelo contrário, aprendi tudo que sei lá, com meu pai e meus mestres. Como eu cheguei ali? Bem, fiquei sabendo sobre essa luta enquanto andava pelos bairros mais pobres da República. Era uma luta para amadores, é claro, eu era um amador e estava ali para aprender. Rapidamente me inscrevi para a competição, e quando me dei conta estava enfiado num uniforme que mais parecia uma armadura, cara aquilo era pesado, certamente tiraria um pouco de minha mobilidade, mas fazer o quê né?

Cumprimento meus companheiros com um sorriso, juntos nos encaminhamos para enfrentar nosso destino. Ao chegarmos na Arena, ouço o narrador falar enquanto me concentro, olhos fechados, mente limpa, sentindo as correntes de ar ao meu redor. Eu fazia parte delas, elas faziam parte de mim. Esse era o pensamento que me fornecia confiança, afinal eu não era tão habilidoso e imaginava que meus companheiros também não eram. Ouvi algumas poucas pessoas sussurrando: "Monge com cabelo?". Sim! Com cabelos e sem setas, recusei-me a raspar minha cabeça e a tatuar setas em meu corpo, para mim eram coisas desnecessárias já que nosso espírito refletia quem somos internamente, e não nossa aparência. Felizmente meus superiores respeitaram, com relutância, minha escolha.

Abro os olhos e vejo nossos inimigos... Inimigos não, um monge não tinha inimigos. Eles eram apenas pessoas que deveriam perder essa batalha. Eu prezava a paz, essa era uma luta de Arena, uma competição, eles definitivamente não eram meus inimigos. Ao soar do gongo, procuro ficar entre meus companheiros e digo: -Eu fico com o do meio. - Dito isso ponho-me em posição, faço uma rápida reverência e giro os braços ao redor de meu corpo, captando ar e comprimindo-o entre os dedos indicador e o polegar (faço isso com ambas as mãos) e crio duas pequenas agulhas desse elemento comprimido, lanço em direção aos olhos de meu oponente. Faço esses movimentos rapidamente, abusando de minha poucaagilidade e velocidade.

Fico atento a todo momento para desviar de lançamentos de pedras ou discos, fico atento ao chão embaixo de mim também, afinal ele era de terra. Faço o melhor que puder para desviar de suas investidas.

#2

Re: Luta Amadora - Pyro, Kamaitachi e Haruna

por Pyro em Dom Maio 29, 2016 10:11 pm

Pyro

avatar
Dobrador(a) do fogo
Ver perfil do usuário
Cara, isso ia ser um saco. Eu já sou meio preguiçoso, e ai vem um narrador desanimado pra piorar a situação. Nem sei bem porque eu estava ali, mas acho que isso não vai fazer diferença agora. Recebi uma placa de metal pra me proteger, mas não acho que ela vá adiantar de muita coisa. Mas apesar disso, têm mais duas pessoas comigo, completos estranhos, mas isso não conta em uma luta. Se estão do meu lado, são aliados que eu posso usar pra vencer esses caras que estão do outro lado da arena. E levando em consideração que estamos em desvantagem por enfrentarmos dobradores de terra neste tipo de terreno, eu realmente vou precisar da ajuda dos outros dois.

Eu sabia que eu não devia ter levantado da cama hoje. Mas eu tinha que começar a sair mais, não é? Talvez assim eu aprenda a dormir até mais tarde. Contra dominadores de terra em um terreno que os deixa com a vantagem, o mínimo a se fazer é tomar cuidado com ataques surpresas. Tendo isso em mente, acho que uma ofensiva de frente não é uma boa ideia agora. Primeiro eu preciso de poder de fogo, literalmente. Corro até uma das tochas e a pego, tendo cuidado durante o percurso para não ser surpreendido por um ataque inimigo e ficando pronto para desviar caso necessário. Com a tocha em mãos, começo a ir em direção ao homem da direita, tomando o cuidado de desviar caso fosse necessário. Quando estivesse perto o suficiente (cerca de uns 3 metros), jogaria a tocha no meu inimigo, visando acertá-lo. É bem provável que ele esquive, por isso eu usaria minha dobra para fazer o fogo da tocha acertar o dobrador de terra. Acertando ou errando o golpe, recuo um pouco e me mantenho atento ao inimigo, pronto para esquivar caso precise.

#3

Re: Luta Amadora - Pyro, Kamaitachi e Haruna

por Roku em Ter Maio 31, 2016 12:54 pm

Roku

avatar
Avatar
Ver perfil do usuário
Kamaitachi tinha uma visão diferenciada sobre aquilo. Para ele, aquilo era apenas uma forma de acrescentar força para seu crescimento espiritual, algo produtivo e pacífico, nada capaz de machucar alguém ou ser cruel. Para ele, a paz estava em primeiro lugar, mas mesmo assim ele insistiu na tentativa de criar agulhas de ar para furar os olhos do adversário, o que para muitos, não era algo ‘pacífico’... Mas quem são essas pessoas para criticar um monge do templo do ar?
 
Os dobradores de terra cravaram os pés no chão ao mesmo tempo, fazendo discos de terra se erguerem da arena, não eram muito habilidosos mas a dominação de terra sempre passa um ar de assustador devido à sua brutalidade. Cada um dos três erguia um dos discos, e de forma parecida o que indicava que eles provavelmente não teriam muita variabilidade de movimentação durante a luta.
 
Pyro era meio preguiçoso, mas não hesitou em correr quando teve a oportunidade. Ele ia na direção de uma tocha, o que era meio estranho já que dominadores de fogo conseguem produzir fogo através das próprias mãos, ou dominá-los a distância sem muitos problemas. Mas mesmo assim ele foi até a tocha e segurou o ferro quente sem muitos problemas. Sendo imediatamente surpreendido por um disco em alta velocidade que atingiu seu braço, causando uma grande dor e derrubando a tocha no chão, fazendo uma pequena quantidade de fogo se erguer ao seu redor.
 
Kamaitachi tinha as agulhas de ar preparadas em seus dedos, e disparou-as na direção de um dos dominadores de terra. Mas quando o objeto comprimido saiu da palma da sua mão, se tornou apenas uma corrente de ar que atingiu os dobradores sem muito controle, apenas movendo seus cabelos e dificultando a sua visão por alguns segundos. Mas nada que impedisse que um disco de pedra voasse em sua direção também.
 
O mesmo voou, mas como um monge do ar e um bom dobrador desse elemento, o garoto pulou para o alto, rodopiando 1 metro acima da terra enquanto o disco passava voando abaixo dele, como um verdadeiro dançarino, Kamaitachi aterrissou em uma elegante posição de dobra. Apesar de ainda não ter poder o suficiente para materializar um item, ele com certeza tinha movimentação considerável e capacidade de criar algumas belas correntes de ar.
 
Já Haruna, ficou sem se movimentar na Arena, e quando o disco voou, ela teve sorte de ele apenas atingir seu ombro, empurrando-a com força para trás, perto da beirada. Havia um pequeno vão entre a arena e a entrada, e na distância ocupada pela escada, havia um buraco equivalente à distância do infinito, onde se ela caísse, com certeza ficaria incapacitada.
 

Os dominadores de terra erguem discos novamente. E se preparam para a próxima rodada de ataques. Eles também não eram dominadores muito experientes, pois apesar de brutos se movimentavam de um jeito sem muito equilíbrio, e provavelmente seriam derrubados com facilidade se os dobradores do ar e do fogo se esforçassem. 


Dominador de Terra 1 - 100%
Dominador de Terra 2 - 100%
Dominador de Terra 3 - 100%

Pyro: Por ter corrido até a tocha está agora a 6 metros dos dobradores de terra.
Kamaitachi: Mesmo sem correr, sua movimentação de dobra fez ele se aproximar dos dobradores de terra, e está a 9 metros. 
Haruna: Continua a 10 metros, e mais perto da beirada. 
Obs: Haruna foi bretada pela demora. Se ficar +2 rodadas ausentes, sera eliminada da narração. 



Now I see fire, Inside the mountains, I see fire, Burning the trees
And I see fire, Hollowing souls, And I see fire, Blood in the breeze
And I hope that you remember me...
#4

Kamaitachi

avatar
Dobrador(a) do ar
Ver perfil do usuário
Droga, minha primeira investida foi um movimento ofensivo que certamente prejudicaria a visão do meu oponente, ela não deu certo. Certamente era algum sinal que eu não deveria usar minhas habilidades dessa forma, ao menos não nessa ocasião. Eu era um monge, pregava a paz, não deveria adotar uma ofensiva desse tipo, por enquanto... A partir de agora manteria o foco de apenas derrubar meu adversário. Respiro o fundo, os olhos fixos nele. Ele era bruto, musculoso e firme...Firme, é isso, eu deveria desequilibra-lo.

Me aproximo de meu adversário e assumo uma postura mais adequada, andando em círculo ao redor do meu oponente em uma posição baixa, com os joelhos dobrados e os braços estendidos, o esquerdo flexionado pouco acima da altura da cabeça e o direito abaixo da altura do peito, com as palmas da mão abertas em direção a ele. Mantenho 5 metros de distância dele enquanto ando ao seu redor. Procuro por meio desse movimento, estudar meu oponente, sua postura e seus pontos que julgasse fracos, absorveria o que conseguisse notar. Se enquanto realizo meus movimentos o dobrador de terra me atacar, tento pular ou esquivar da pedra/disco, voltando a andar em círculo ao seu redor logo em seguida.
{Nessa posição}

O dobrador pisou firme no chão com um de seus pés em seu último movimento, certamente desequilibrar uma pessoa que está com apenas um pé no chão é mais fácil. Com esse pensamento em mente, assim que o dobrador levantasse o pé, eu em um movimento rápido, aproximaria minhas mãos uma da outra e descreveria uma circunferência no ar, captando meu elemento e criando a rajada de ar mais poderosa que conseguisse e lançando-a no tornozelo da perna do meu adversário que estivesse no chão. Busco por meio desse movimento desequilibrar meu oponente, ou quem sabe derrubá-lo.

Fico atento a todo momento para desviar de lançamentos de pedras ou discos vindos dele, atento-me também ao chão embaixo de mim também, ele era também era o território do dobrador, faço o melhor que puder para desviar de ataques vindo de baixo e voltar a executar o movimento de circular meu oponente, investindo contra ele em seguida (do modo já descrito acima).

#5

Re: Luta Amadora - Pyro, Kamaitachi e Haruna

por Pyro em Ter Maio 31, 2016 7:55 pm

Pyro

avatar
Dobrador(a) do fogo
Ver perfil do usuário
A velha e inesquecível dor. Não lembrava a última vez que havia sentido dor, já que eu não era muito de lutar. Mesmo com a dor percorrendo meu braço atingido, tento me manter calmo e pensar na situação. Éramos três contra três, mas eles estavam melhor do que nós. O que era de se esperar, já que nosso grupo é composto por um preguiçoso, um monge alegre e uma garota que não se movia. Fora isso, estávamos enfrentando dobradores de terra, que mesmo que não fossem tão bons, tinham a vantagem do local. Observando o jeito como lutam, percebi que eles pisam forte no chão antes de mandar um ataque. Se isso tem haver com a dobra de terra, eu não sei, mas isso me deu uma ideia. Olho para o fogo criado pela tocha e me concentro, colocando as mãos na minha frente. Faço o fogo se mover junto com as minhas mãos e o concentro do lado direito do meu corpo. Após isso, corro em direção aos dois adversários que o monge não estava enfrentando, pronto para desviar de qualquer ataque que eles tentassem. Mas ai você pensa: "Você vai enfrentar dois?" E ai eu te respondo: "Apesar de ser preguiçoso , vagal, entre outras coisas, eu não gosto de ver uma garota apanhando, e como ela não se movia, eu tinha que evitar o ataque. Quando chegasse perto o suficiente, fecho a mão direita, dobro um pouco os joelhos e soco o ar em direção ao chão, lançando o fogo que eu estava controlando em direção aos pés dos meus oponentes, aproveitando para aumentar o poder do ataque criando meu próprio fogo.

Mais ou menos isso:

Acertando ou não o golpe, me afasto um pouco e fico pronto para esquivar dos possíveis ataques que poderiam vir.

#6

Re: Luta Amadora - Pyro, Kamaitachi e Haruna

por Roku em Sex Jun 03, 2016 3:28 pm

Roku

avatar
Avatar
Ver perfil do usuário
Kamaitachi não estava nem perto de ser um mestre da dobra do ar. Mas ele sabia os princípios básicos do seu elemento, e isso era tudo que precisava por hora. A luta nunca foi o melhor meio de se treinar a dobra do ar. Ela requer paz e harmonia. Mas quando necessário, um monge tem que se tornar um guerreiro. E nesse momento o garoto se tornou um deles.
 
Assim que um dos dobradores de terra ergue o pé, Kamaitachi cria uma esfera de ar entre as duas mãos, ela gira em alta velocidade. E o garoto empurra as palmas das mãos para a frente junto com a esfera, que se dissolve em uma rajada de ar. O dobrador cai para o lado, dando de cara no chão. “Tump” foi o som de seu rosto se chocando com a pedra da arena, ele provavelmente quebrou seu nariz, pois uma enorme mancha de sangue ficou no lugar que ele bateu a cara. Mais um golpe e ele estaria derrotado.
 
Já Pyro foi um pouco mais ousado. Concentrou fogo em suas mãos e correu na direção dos dois dobradores de terra restantes. Um dos dobradores dispara um dos discos enquanto o garoto corria, o dobrador de fogo pula no ar para se esquivar e cria duas rabiolas espirais de fogo enquanto faz isso, apenas aumentando sua força quando aterrissa no chão.
 
Ao se aproximar dos outros dois dobradores, ele descarrega as chamas no chão, e elas percorrem o solo em espiral, atingindo em área os dois dobradores de terra. Eles recuam, com sua roupa se queimando. Mas logo giram seus corpos até o fogo se afastar. Porém foram consideravelmente danificados.
 
Mas eram dois contra um, e o dobrador que ainda não havia atacado, ergue um disco e dispara-o novamente em Pyro. “Kreck” o disco estoura ao lado do pulmão do garoto, provavelmente quebrando uma de suas costelas. Pyro só se manteve vivo por causa da armadura, mas de repente sentiu muita dor.
 

Haruna se manteve parada. 


Dominador de Terra 1 - 50% - Com o nariz sangrando e derrubado no chão.
Dominador de Terra 2 - 70%  - Com queimaduras
Dominador de Terra 3 - 70% - Com queimaduras

Pyro: Está entre 2 dobradores de terra, com 2 metros de distância deles, e 5 metros do dobrador caído. 
Kamaitachi: 8 metros dos dobradores.
Haruna: Continua a 10 metros.
Obs: Haruna foi bretada pela demora. Se ficar +1 rodada ausentes, sera eliminada da narração. 



Now I see fire, Inside the mountains, I see fire, Burning the trees
And I see fire, Hollowing souls, And I see fire, Blood in the breeze
And I hope that you remember me...
#7

Kamaitachi

avatar
Dobrador(a) do ar
Ver perfil do usuário
Ao ver meu inimigo caido no chão, sangrando e quase rendido, meu coração apertou.

Assim que eu me inscrevi nesse torneio eu sabia de uma coisa... Minha vida mudaria para sempre. A partir do soar do gongo eu não seria apenas mais um monge, eu me tornaria um guerreiro, um lutador, um novo ser. Talvez fizesse parte de minha evolução espiritual, não? Eu estava confuso, meus pensamentos em conflito, eu não queria ferir as pessoas, mas, acreditava que a luta era importante, não só para melhorar fisicamente, mas, também mentalmente e espiritualmente. O Avatar Aang lutava, ao mesmo tempo que disseminava a paz, talvez essa fosse a chave, no caminho para ser uma lenda e ter um espírito evoluído, tenhamos que lutar... Tanto figurativamente quanto literalmente. Sim, eu não era apenas um monge, eu era também um lutador, um guerreiro que deseja a paz, e que no caminho terá que lutar para conquista-la. Eu estava lutando nesse exato momento, não contra um inimigo que ameaça a paz, mas contra um oponente. Eles não mereciam ser feridos, apenas vencidos, mais coisas como essas acontecem. Talvez para vencer, tenhamos ques sujar-nos de sangue.

Respiro fundo, organizando meus pensamentos, ainda estava em posição de guarda. Olho meu oponente, ele estava caído no chão, seu rosto banhando em sangue... Eu esperava por isso, mas não pude deixar de sentir um aperto no coração quando eu o vi naquele estado. Achei que já tinha vencido, porém, a platéia olhava pra mim com expectativa, afinal a batalha só terminava quando os participantes desmaiavam. Respiro fundo mais uma vez, e começo a me aproximar do meu oponente, agora eu era um guerreiro também, não era apenas um monge, eu pregava a paz e lutaria por ela, mas deveria treinar para isso, evoluir, e derrotar o garoto fazia parte dessa evolução. Eu precisava terminar batalha. Ando em direção a ele, quando estivesse a 4 metros, pararia. Faria o mesmo movimento com as mãos que fiz anteriormente, descrevendo uma circunferência no ar com as mãos e acumulando ar entre elas, criando uma esfera. Sussuraria um "Desculpe-me" para ele, em seguida, lançaria a esfera de ar em nele, de forma que ela se chocasse contra sua cabeça, e que sua cabeça batesse no chão e o fizesse desmaiar. Se ele desmaiar, sussurro outra "desculpa", mesmo que ele não ouvisse, após isso, respiro fundo e olho para o meu parceiro.
-Precisa de ajuda? -Esperaria uma resposta dele.

A todo momento fico atento nos outros dobradores para não ser pego de surpresa, mesmo quando eu estivesse finalizando com o dobrador que eu batalhava, não baixaria a guarda. Também ficaria atento para desviar de alguma última investida dele, tentaria desviar do melhor jeito que pudesse e executar meu ataque logo em seguida.

#8

Re: Luta Amadora - Pyro, Kamaitachi e Haruna

por Pyro em Sab Jun 04, 2016 12:32 pm

Pyro

avatar
Dobrador(a) do fogo
Ver perfil do usuário
Tudo seria tão mais fácil se eu pudesse voltar no tempo. Por que eu tinha que inventar de lutar? Estava conseguindo me virar até agora, por que decidi me envolver nessa luta sem sentido? A dor no meu peito era intensa, e isso era realmente irritante. Não acho que vou conseguir ficar sossegado depois disso, mas isso não é um problema para mim, é um problema para meus adversários. O cara que está formando time comigo é evidentemente um monge do ar, levando em conta o seu último ataque. Caso ele pergunte se eu preciso de ajuda, o que é bem provável, apenas respondo:

-Só ataque se eu realmente precisar. Ainda consigo lutar com eles.

Eu geralmente tento conter minha raiva o máximo possível, mas depois de levar uma pedrada no peito, ninguém fica calminho. Eu estava fervendo de raiva, e isso me dava uma ideia de ataque. Respiro um pouco e inicio a corrida em direção aos dobradores, desviando de possíveis ataques indo para algum lado, ou pulando e ejetando fogo dos meus pés, para aumentar a altura que eu iria alcançar. Quando chegasse perto o suficiente, fecharia minhas duas mãos e desferiria um soco com cada mão, disparando chamas no dorso dos meus inimigos por alguns segundos. Se eles estivessem de "armadura", talvez não sofressem tanto dano, mas o fogo esquentaria o metal, o que causaria queimaduras consideráveis.

Acertando ou não o ataque, recuo um pouco e fico atento a qualquer possível ataque, pronto para desviar caso necessário.

#9

Conteúdo patrocinado


#10

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum